Problema com horário de verão no E-SUS AB

 

Na manhã deste domingo (20/10/2019), grande parte da população foi surpreendida pela atualização errônea do horário de verão em celulares e outros dispositivos, isso ocorreu por que o Decreto 9.722/2019 revogou o Decreto 9.242/2017 (e diversos outros decretos), que disponha sobre o horarário de verão, os quais estabeleciam períodos fixos para o inicio e término desde 2008, bem como as regiões abrangidas pela mudança.

Com base no antigo decreto, vários softwares/dispositivos estavam pré-configurados para tal mudança de horário, e o java 7 que é utilizado pelo e-SUS AB é um deles, após contato com o pessoal do laboratório Brigde, que presta suporte para o E-SUS AB, estes identificaram um problema com o timezone do java 7, e nos forneceram um passo-a-passo como deve ser feito para solucionar o mesmo, segue:

1 – Realizar o download do patch de atualização no link abaixo:

Windows:
https://arquivos.bridge.ufsc.br/AB/tz/esusab-tz-patch-2019-windows.zip

Linux:
https://arquivos.bridge.ufsc.br/AB/tz/esusab-tz-patch-2019-linux.zip

 

2 – Instalação do patch de atualização do timezone:

2.1 Mover o arquivo baixado para a pasta padrão do e-SUS AB PEC

2.2 Descompactar o arquivo .zip

Deverá ser utilizada a opção “Extrair aqui”, sem criação de sub-pasta;

2.3 Executar o pacote de instalação

 

Windows

> Executar o arquivo “esusab-tz-patch-2019.bat”
> Reiniciar o JBOSS após o processo ser concluído;

 

Linux

> Executar o arquivo “esusab-tz-patch-2019.sh”
> Reiniciar o JBOSS após o processo ser concluído;

Quando devo utilizar o “nome social” no E-SUS AB?

Uma dúvida recorrente entre os usuários do e-SUS AB é: quando se deve utilizar o nome social do paciente no sistema? após preenchimento do mesmo, em todos os processos onde utiliza o paciente, o nome social sera exibido.

Segundo a Carta dos Direitos dos Usuários de Saúde, datada de 2011, no inciso I do artigo 4º, é garantida a “identificação pelo nome e sobrenome civil, devendo existir, em todo o documento do usuário e usuária, um campo para se registrar o nome social, independentemente do registro civil, sendo assegurado o uso do nome de preferência, não podendo ser identificado por número, nome ou código da doença, ou outras formas desrespeitosas ou preconceituosas”.
Considerando as determinações da 13ª Conferência Nacional de Saúde (BRASIL, 2008) acerca da inclusão das orientações sexual e da identidade de gênero na análise da determinação social da saúde, a Portaria nº 2.836, de 1º de dezembro de 2011, que “instituiu, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), a Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (Política Nacional de Saúde Integral LGBT)”, busca garantir o uso do nome social de travestis e transexuais, de acordo com a Carta dos Direitos dos Usuários da Saúde supracitada.
Diante disso, para assegurar ao usuário o acesso universal, igualitário e ordenado às ações e serviços de saúde do SUS, conforme o Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011, que regulamenta a Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, foi criado o campo NOME SOCIAL nas fichas de Coleta de Dados Simplificada.

Ainda tem alguma dúvida? deixe seu comentário

Site Saudenopais.com

Saudenopais.com é um o portal de saúde que permite encontrar informações sobre o cnes e o sigtap quando os mesmos estão offline, o site utiliza o banco de dados do CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde ) para permitir avaliações e classificações de todos os estabelecimentos de saúde que atendem o SUS no Brasil, além de permitir encontrar informações detalhadas de cada estabelecimento, o sistema também permite filtro de estabelecimentos de saúde por estado e município.

O site também importa as tabelas do SIGTAP ( Sistema de Gerenciamento da tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS), onde estão detalhados todos os procedimentos disponíveis no SUS, alem de permitir consultar a relação de Procedimento x CBO ( Código de Ocupação Brasileira )

 

#cnes #sigtap #saude #saudepublica #brasil

Como trocar o administrador do E-SUS

Hoje vamos ensinar como trocar o administrador do e-sus, primeiro acesse http://localhost:8080/esus/#/pec/reset onde localhost é o IP do servidor onde está instalado sua aplicação e 8080 é a porta em que o serviço está rodando:

Informe o CPF do novo Administrador e o sistema irá gerar uma CHAVE, depois disso acesse o E-GESTOR 

E-GESTOR > SISAB > MUNICÍPIO > ACESSE O SISTEMA

Informe a chave que foi gerada e irá receber a contra chave.

Dúvidas estamos a disposição.

Consultoria, Implantação e Treinamento do e-SUS

Você já aderiu ao e-SUS? Não sabe por onde começar? A Rang Tecnologia tem a solução! Estamos presente em mais de 30 cidades, disponibilizando consultoria, implantação e treinamento do e-SUS.

Quer saber como a Rang pode ajudar seu município a estar de acordo com as novas diretrizes do Ministério da Saúde, visite rangtecnologia.com.br ou acesse nossa página no facebook.